Mater Dei (MATD3) estreia com baixa de 3,67% mater dei (matd3) estreia com baixa de 3,67% Mater Dei (MATD3) estreia com baixa de 3,67% materdei matd3

Mater Dei (MATD3) estreia com baixa de 3,67%

As ações do Hospital Mater Dei (MATD3) estrearam em queda nesta sexta-feira (16). Os papéis encerraram o dia com perda de 3,67%, a R$ 16,80.

Na mínima do dia, as ações caíram 6,25%, a R$ 16,35. O volume financeiro foi de R$ 146,3 milhões.

A rede hospitalar captou aproximadamente R$ 1,4 bilhão em sua oferta pública inicial de ações (IPO), após aceitar um desconto de 20% sobre a faixa indicativa para a operação, de R$ 21,80. O preço da oferta foi de R$ 17,44 por ação.

O Hospital Mater Dei (MATD3) vendeu 92,8 milhões de ações, sendo seu free float de 23%.

A empresa planejava levantar algo em torno de R$ 1,9 bilhão.

O Hospital vai usar os recursos levantados para investir na expansão inorgânica, comprando novos ativos em praças estratégicas, e para custear a construção de novos hospitais (em projetos greenfield).

Perfil

Hospital Mater Dei (MATD3) é uma rede integrada na prestação de serviços hospitalares e oncológicos, sendo a maior rede hospitalar de Minas Gerais em número de leitos privados.

A rede possui 18,0% do total de leitos privados na região metropolitana de Belo Horizonte, de acordo com o Cadastro CNES.

Em 31 de dezembro de 2020, a Companhia possuía 1.081 leitos hospitalares distribuídos em suas três unidades, localizadas estrategicamente na região metropolitana de Belo Horizonte, dos quais 541 são leitos operacionais, 540 leitos já construídos porém não operacionais.

Encontra-se em construção na cidade de Salvador, Estado da Bahia, uma nova unidade hospitalar com capacidade para 367 leitos hospitalares e um centro médico com mais de 10.000 m2 de área construída, com previsão para início de suas operações no primeiro semestre de 2022.

Principais acionistas do Mater Dei – MATD3

Os principais acionistas são JSS Empreendimentos e Participações, com 76,5% do capital social do Mater Dei e pode cair para até 59,8% se forem exercidos os lotes adicional e suplementar; Henrique Moares Salvador Silva, que tem 4,9% e pode cair para até 2,3%; e Renato Moares Salvador Silva, que tem 4,68% e pode cair para 1,7%.

Indicadores financeiros

Hospital Mater Dei (MATD3) reportou lucro líquido de R$ 72,6 milhões em 2020, queda de 47,4% frente ao resultado do ano anterior.

A receita de serviços hospitalares totalizou R$ 717,8 milhões, queda de 2% em relação à 2019.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 155,3 milhões, retração de 39,5%.

Leitura Recomendada

Confira mais notícias sobre o mercado financeiro

Empresas da Bolsa: confira a lista completa aqui