GetNinjas (NINJ3) movimenta R$ 554 mi em IPO

A GetNinjas (NINJ3) levantou R$ 554,3 milhões na sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Em sua estreia na Bolsa, as ações da companhia fecharam em queda de 3,75%, cotados a R$ 19,25.

Do total, R$ 321,3 milhões foram para o caixa da empresa e R$ 233 milhões foram embolsados pelos acionistas vendedores.

No âmbito do IPO, as ações tiveram preço de emissão de R$ 20,00, abaixo da faixa indicativa de preço que estava situada entre R$ 24,90 e R$ 33,50. 

Os recursos captados na oferta primária pela GetNinjas (NINJ3) serão direcionados para investir em marketing e recursos humanos, bem como reforço de caixa. Confira o prospecto da oferta.

Na tranche secundária, os sócios vendedores serão Eduardo Orlando L’Hotellier e a Fosthall Holdings.

IPO é coordenado pelo BTG Pactual, J.P Morgan, UBS Brasill e Bradesco BBI.

Perfil da Getninjas – NINJ3

GetNinjas (NINJ3) é uma plataforma inovadora, disponível para sistemas Android, iOS e web, fundada em 2011 pelo empreendedor Eduardo Orlando L’Hotellier com investimento de seed money de aproximadamente R$ 1,2 milhão dos fundos Kaszek Ventures e Monashees.

A companhia está presente em todos os Estados do País e conecta digitalmente profissionais de variadas áreas.

Os profissionais oferecem seus serviços, mediante a compra de pacote de moedas virtuais para uso exclusivo na plataforma na aquisição de ordens de serviços (Leads) dos clientes cadastrados.

Em 31 de dezembro do ano passado, a plataforma da GetNinjas (NINJ3) possuía cerca de 2,1 milhões de profissionais cadastrados, distribuídos em mais de 500 diferentes categorias, como pintor, psicólogo, professor de inglês, personal-trainer, diarista, assistência técnica de eletrodomésticos, entre outras.

GETNINJAS-IPO getninjas GetNinjas (NINJ3): reservas para IPO terminam nesta terça-feira GETNINJAS IPO getninjas GetNinjas (NINJ3) movimenta R$ 554 mi em IPO GETNINJAS IPO

Indicadores financeiros da Getninjas (NINJ3)

Em 2020, a Getninjas (NINJ3) transacionou R$ 963 milhões perante o mercado (GMV), o que representa um crescimento de 55% em relação ao ano anterior.

No mesmo período, a receita líquida cresceu 90% e chegou a R$ 41,8 milhões em 2020.

O lucro bruto saiu de R$ 20,2 mil no final de 2019, para R$ 38,3 mil no exercício de 2020.

O prejuízo líquido foi de R$ 890 mil em 2020, inferior em 70% ao prejuízo líquido no exercício de 2019.

Indicadores Financeiros (M.M) 2020 2019 2018
Receita Líquida R$ 41,8 R$ 22,0 R$ 13,3
GMV R$ 963 R$ 623 R$ 366
Lucro bruto R$ 38,3 R$ 20,2  R$ 11,5
Lucro Líquido (Prejuízo) (R$ 0,8) (R$ 3,0) (R$ 6,8)

Leitura Recomendada

Unifique Telecomunicações protocola pedido de IPO

Confira mais notícias sobre os próximos IPOs de 2021