Mater Dei (MATD3) tem alta de 71,8% no lucro no 1T21 mater dei Mater Dei (MATD3) tem alta de 71,8% no lucro no 1T21 Hospital Mater Dei MATD3

Mater Dei (MATD3) tem alta de 71,8% no lucro no 1T21

O Mater Dei (MATD3) reportou lucro líquido de R$ 26,5 milhões no primeiro trimestre de 2021. O resultado representa um crescimento de 71,8% em relação ao mesmo período de 2020.

A receita líquida somou R$ 226,8 milhões nos três primeiros meses do ano, alta de 33,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Foram abertos 108 leitos operacionais, representando um crescimento de 21% em comparação ao mesmo período de 2020.

As despesas gerais e administrativas do Mater Dei (MATD3) tiveram uma diluição de 1,8p.p. neste trimestre, passando a representar 11,4% da receita líquida em comparação com 13,2% do mesmo período no ano anterior.

No 1T21, elas somaram R$ 25,8 milhões, 14,4% maior que 1T20, mas menor quando comparada com o crescimento de 33,2% da receita líquida.

O Resultado financeiro líquido do Mater Dei (MATD3) atingiu R$ 13,7 milhões negativos em virtude, principalmente, do aumento referente aos juros de arrendamento, que subiu R$ 9,7 milhões devido ao início da vigência do aluguel, após a cisão dos imóveis.

Em 31 de dezembro de 2020, foi feita a cisão dos imóveis seguido de incorporação pela Holding das unidades hospitalares e administrativas, com os contratos de aluguel iniciando sua vigência em janeiro de 2021.

Margens do Mater Dei (MATD3)

O Ebitda (lucro antes do juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 68% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 62,1 milhões. Confira o balanço na íntegra aqui.

Já a margem Ebitda do Mater Dei (MATD3) alcançou 27,4% no 1º trimestre de 2021, alta de 5,7 pontos percentuais na comparação com igual trimestre de 2020.

Enquanto a margem líquida atingiu 11,7%, elevação de 2,7 p.p.

Endividamento

Em 31 de março, a dívida líquida do Mater Dei (MATD3) era de R$ 2,3 milhões.

A alavancagem financeira da empresa, ficou em -0,0x no final de 2021, baixa de 0,5 p.p.

IPO do Mater Dei (MATD3)

A operação movimentou R$ 1,4 bilhão e os recursos obtidos permitirão à companhia exercer sua estratégia de crescimento com aquisições e iniciativas greenfields em localizações pré-definidas.

Estamos avaliando diversos ativos nessas praças para concretizar nossa estratégia de expansão do Mater Dei (MATD3).

O Brasil tem muitas oportunidades na área da saúde sendo composto por serviços hospitalares fragmentados. A Mater Dei (MATD3), com o uso de tecnologia, investimento em pessoas e com processos adequados, está pronta para ser uma plataforma consolidadora contribuindo para que a saúde do brasileiro seja um bem cada vez maior.

Leia mais

Veja balanços da empresas listadas na Bolsa brasileira (B3:B3SA3)

Dotz (DOTZ3) registra queda de 19,1% no prejuízo no 1T21