Cruzeiro do Sul (CSED3) reverte prejuízo e tem lucro de R$ 16,3 mi no 1T21 cruzeiro do sul Cruzeiro do Sul (CSED3) reverte prejuízo e tem lucro de R$ 16,3 mi no 1T21 csed3 cruzeiro do sul

Cruzeiro do Sul (CSED3) reverte prejuízo e tem lucro de R$ 16,3 mi no 1T21

A Cruzeiro do Sul (CSED3) reportou nesta segunda-feira (17) lucro líquido de R$ 16,3 milhões no primeiro trimestre de 2021. O resultado representa um crescimento de 149% em relação ao mesmo período de 2020.

O lucro líquido ajustado cresceu 210,5% entre janeiro e março de 2021, atingindo R$ 31,5 milhões.

A receita líquida somou R$ 421,1 milhões nos três primeiros meses do ano, alta de 0,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

  • Participe do grupo exclusivo de investidores do Carteira S/A no Telegram

O Ebitda (lucro antes do juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 93,2% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 118,8 milhões. Confira o balanço na íntegra aqui.

O lucro bruto Cruzeiro do Sul (CSED3) foi de R$ 200,3 milhões no 1T21, aumento de 13,8% no primeiro trimestre de 2020.

Margens da Cruzeiro do Sul (CSED3)

A margem bruta da companhia foi de 47,6% entre janeiro e março de 2021, alta de 5,4 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2020.

Já a margem Ebitda alcançou 28,2% no 1º trimestre de 2021, alta de 13,5 p.p. na comparação com igual trimestre de 2020.

Endividamento

Em 31 de março, a dívida líquida da Cruzeiro do Sul (CSED3) era de R$ 438 milhões. Isso representa uma diminuição de 71,5% na comparação com igual período de 2020.

De acordo com a Cruzeiro do Sul (CSED3), a forte queda da dívida líquida se deu em função dos recursos captados no IPO.

A alavancagem financeira da empresa, ficou em 0,8x no final de 2021, baixa de 2,9 p.p.

Leia mais

Veja balanços da empresas listadas na Bolsa brasileira (B3:B3SA3)

Dotz (DOTZ3) registra queda de 19,1% no prejuízo no 1T21