Traders Club registra pedido de IPO

A Traders Club protocolou nesta quinta-feira (20) o pedido para abertura de capital (IPO) na B3 (B3SA3).

De acordo com o prospecto, a operação contará apenas com a distribuição primária de ações. Ou seja, quando novas ações são emitidas e os recursos vão para o caixa da empresa.

O montante captado na operação será destinado para aquisições, investimentos em desenvolvimento e aprimoramento da plataforma do Traders Club, bem como investimentos em marketing.

A plataforma para investidores planeja chegar a Bolsa valendo R$ 3,5 bilhões, segundo fontes ouvidas pelo jornal Valor.

O IPO será coordenado pelo BTG Pactual (BPAC11) e pela ModalMais (MODL11).

Perfil da Traders Club

A Traders Club se considera a maior plataforma social para investidores da América Latina, que conecta mais de 450 mil usuários por meio de nossa plataforma infotech.

A plataforma possui features sociais, como espaço para fóruns de discussão e postagem de Trade Ideas, e também features técnicas e informacionais, como feed de notícias de mercado, estatísticas do mercado em tempo real, ferramentas analíticas e conteúdo educacional dedicado para suportar discussões, análises e decisões de investimento dos usuários.

O projeto foi criado por três sócios em 2016: Pedro Albuquerque Filho, Israel Massa e Rafael Ferri.

Os principais acionistas da companhia são:

  • Rafael Ferri, com participação de 35,3% através da Startups BR Holding;
  • Pedro Albuquerque, com 35,3%;
  • Israel Calebe Massa (7,8%);
  • Omar Ajame Zanatto Miranda, com fatia de 8,7%;
  • Guillermo Andres Parra Bernal, com 4,6%; e
  • Javier Alejandro Ramacciotti, com 1,8%.

Indicadores da financeiros

A Traders Club obteve lucro líquido de R$ 13,1 milhões em 2020, contra R$ 414 milhões de 2019 e prejuízo de R$ 1,06 milhão de 2018.

Já a receita líquida foi de R$ 40,1 milhões no ano passado, ante R$ 5 milhões de 2019 e R$ 1,07 milhão de 2018.

Enquanto o Ebitda somou R$ 18,8 milhões em 2020, contra R$ 640 mil de 2019 e negativo no ano de 2018.

Leia Mais

Confira mais notícias sobre os próximos IPOs de 2021