Conheça as etapas de uma auditoria

Auditoria é um processo sistemático de exame e avaliação de registros, demonstrações financeiras, operações e procedimentos de uma entidade para assegurar a conformidade com normas, regulamentos, políticas internas e práticas contábeis aceitas.

O principal objetivo é fornecer uma opinião independente sobre a veracidade e integridade das informações financeiras e operacionais de uma organização.

Conheça as etapas

O processo de auditoria é geralmente dividido em várias etapas, que podem variar dependendo do tipo específico e das políticas da organização.

No entanto, aqui estão os passos comuns que são frequentemente seguidos:

Planejamento da auditoria:

  • Definição dos objetivos e escopo da auditoria;
  • Identificação dos recursos necessários, incluindo equipe, tempo e orçamento;
  • Revisão dos processos e documentos relevantes da organização;
  • Desenvolvimento de um plano de auditoria detalhado, incluindo cronograma e lista de verificação.

Entrada preliminar:

  • Comunicação com a administração e partes interessadas para informá-los sobre o processo de auditoria, seus objetivos e escopo;
  • Reuniões para estabelecer expectativas e obter insights sobre a organização e suas operações.

Execução:

  • Coleta e análise de evidências relevantes, incluindo documentos, registros, relatórios e entrevistas;
  • Realização de testes e procedimentos de auditoria para avaliar a conformidade, eficácia e eficiência dos processos e controles;
  • Verificação da consistência e integridade das informações financeiras, operacionais ou de outra natureza, conforme aplicável;
  • Identificação e documentação de descobertas significativas, incluindo deficiências e áreas de melhoria.

Comunicação de resultados:

  • Preparação de relatórios detalhados que resumam as descobertas, conclusões e recomendações;
  • Apresentação dos resultados à administração e outras partes interessadas relevantes;
  • Discussão de questões identificadas e desenvolvimento de planos de ação para abordar deficiências e melhorar processos.

Acompanhamento e monitoramento:

  • Acompanhamento da implementação das recomendações de auditoria pela administração;
  • Verificação da eficácia das medidas corretivas e melhorias implementadas;
  • Relatórios de acompanhamento periódicos para garantir que as questões identificadas tenham sido adequadamente resolvidas e que não surjam novas preocupações.

Quando fazer auditoria?

Ao contrário do senso comum, a auditoria empresarial não se restringe a momentos de crise, podendo ser conduzida em qualquer fase da empresa, inclusive nos períodos de prosperidade. Na verdade, o cenário ideal para realizar a auditoria é quando tudo está indo muito bem.

Optar por realizar uma auditoria durante os momentos de bonança possibilita prolongar a fase positiva e garantir maior estabilidade. Os gestores têm a liberdade de solicitar auditorias sempre que julgarem necessário e podem especificar quais departamentos devem ser auditados com maior regularidade.

Um método eficaz para identificar o momento ideal para o procedimento é por meio de conversas com os colaboradores, pois eles estão em contato direto com os processos internos e podem avaliar se as exigências legais e burocráticas estão sendo atendidas de maneira adequada.

Por fim, é importante ressaltar que a independência, objetividade e profissionalismo são fundamentais em todas as etapas do processo de auditoria para garantir sua eficácia e integridade.