Westwing (WEST3) sofre ataque cibernético westwing (west3) sofre ataque cibernético Westwing (WEST3) sofre ataque cibernético Westwing west3 ipo

Westwing (WEST3) sofre ataque cibernético

A Westwing (WEST3) comunicou que, em 17 de abril, foi alvo de um ataque cibernético e prontamente acionou seus protocolos de controle e segurança para bloquear o ataque e minimizar eventuais impactos.

A empresa está apurando a extensão dos efeitos do ataque cibernético em seus sistemas e bases de dados, de modo que até o presente momento, é possível afirmar que se trata de um ataque ransomware que tornou alguns de seus sistemas e arquivos indisponíveis, bem como que o agente criminoso teve acesso não autorizado a arquivos e a um dos servidores da companhia.

Este servidor e arquivos não incluem informações financeiras de seus clientes, como dados de cartão de crédito e senhas de acesso ao site da Westwing (WEST3).

A companhia faz uso de tecnologias e padrões rígidos de segurança, e continuará aprimorando sua infraestrutura para incorporar cada vez mais protocolos de proteção de dados e sistemas.

Por fim, a Westwing (WEST3) informou que está avaliando a extensão desse incidente e atuando para mitigar seus efeitos, sendo que, até o momento, sua operação não foi afetada e continua funcionando normalmente.

Perfil da Westwing – WEST3

A Westwing (WEST3) é uma plataforma de e-commerce, que tem como sua missão inspirar as pessoas a descobrirem mais beleza no seu viver.

A empresa busca realizar essa missão através do seu modelo de negócios de shoppable magazine, que proporciona experiência de compra agradável e divertida no varejo online, como também serve de inspiração e referência de decoração e estilo para os nossos clientes.

A Westwing (WEST3) conta com aproximadamente 9 milhões de usuários cadastrados, que visitam suas plataformas e redes sociais em busca oportunidades de compras de produtos.

No terceiro trimestre de 2020, a varejista teve uma média de aproximadamente 728 mil visitantes únicos mensais  em suas plataformas, que incluem tanto o website quanto o aplicativo, sendo que 87% dos nossos clientes são mulheres.

Em setembro de 2020, a empresa contava com mais de 1 milhão de seguidores em nosso perfil do Instagram, 27,3 milhões de consumidores, quase 2 milhões de fãs na página do Facebook e mais de 11 milhões de acessos ao nosso perfil no Pinterest.

Leitura Recomendada

Confira mais notícias sobre o mercado financeiro

Empresas da Bolsa: confira a lista completa aqui