GPS (GGPS3) registra alta de 90% no lucro no 1T21 gps (ggps3) GPS (GGPS3) registra alta de 90% no lucro no 1T21 Grupo GPS GGPS3 ACOES

GPS (GGPS3) registra alta de 90% no lucro no 1T21

O Grupo GPS (GGPS3), que realizou IPO em abril, reportou lucro líquido de R$ 76 milhões no primeiro trimestre de 2021 (1T21). O resultado foi 90% maior do que o reportado em igual período do ano passado.

Por volta das 13h, ação do GPS (GGPS3) operava em alta de 1,74%, negociado a R$ 12,26.

O Resultado Operacional do 1T21 foi de R$ 112 milhões, significando um incremento de 43% frente ao 1T20.

A receita líquida somou R$ 1,493 bilhão nos três primeiros meses do ano, alta de 24% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes do juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 38% na comparação com igual etapa de 2020, totalizando R$ 141 milhões. Confira o balanço na íntegra aqui.

Já o Ebitda ajustado totalizou R$ 150 mil no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 43% em relação ao mesmo período de 2020.

As despesas gerais e administrativas da GPS (GGPS3) somaram R$ 115 milhões no 1T21, aumento de 28% na comparação ano a ano.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 20 mil entre janeiro e março deste ano, alta de 21% na base anual.

Margens GPS (GGPS3)

A margem bruta da GPS (GGPS3) foi de % entre janeiro e março de 2021, de pontos percentuais.

A margem operacional atingiu 7,5%, 1 p.p. acima da margem do 1T20.

Já a margem Ebitda ajustado alcançou 10% no 1º trimestre de 2021, alta de 1,3% na comparação com igual trimestre de 2020.

Enquanto a margem líquida atingiu 5,1%, elevação de 1,8 p.p.

Endividamento

Em 31 de março, a dívida líquida da GPS (GGPS3) era de R$ 1,030 bilhão. Isso representa uma elevação de 19% na comparação com igual período de 2020.

A alavancagem financeira da empresa, ficou em 1,7x no final de 2021, baixa de 0,3 p.p.

IPO

O GPS (GGPS3) movimentou R$ 2,489 bilhões em seu IPO. Na tranche primária a empresa captou R$ 1,082 bilhão enquanto na oferta secundária os acionistas vendedores embolsaram R$ 1,406 bilhão.

Os recursos da oferta primária serão destinados para aquisições, pagamento de dividendos e fortalecimento da capacidade financeira.

Grupo GPS, que opera desde 1962, é líder e maior player nacional do setor de prestação de serviços integrados, que incluem soluções de facilities, segurança, logística indoor, serviços de engenharia e manutenção industrial a mais de 2.700 clientes em 21 estados.

Leitura Recomendada

Veja balanços da empresas listadas na Bolsa brasileira (B3:B3SA3)

Dotz (DOTZ3) registra queda de 19,1% no prejuízo no 1T21